Hospital Roberto Santos anuncia lançamento de programa de transplante de órgãos

 

BOA NOTÍCIA

O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) lança, no próximo dia 27, seu programa de transplantes de órgãos. A cerimônia acontece no Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos, no Auditório Central da unidade. Maior hospital público do Norte e Nordeste, o HGRS será a segunda unidade da rede estadual de saúde a realizar transplantes. “Esse é um passo muito importante para conseguirmos salvar mais vidas. Lutamos para ser um hospital transplantador desde que iniciamos essa gestão.

Espero, em breve, anunciar a realização de transplantes dos demais órgãos e também de córneas”, afirmou  o diretor-geral da instituição, José Lima Filho. A expectativa é que, até dezembro, já sejam realizadas as primeiras cirurgias. O gestor ressaltou que o sucesso de um programa de transplantes de órgãos depende da postura proativa da sociedade. De acordo com levantamento recente da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), mais de 60% de famílias não permitem a doação órgãos na Bahia. Uma em cada dez doações no estado é de pessoas vivas. As principais razões para a recusa das famílias, conforme aponta a Central de Transplantes do Estado da Bahia, são a falta de esclarecimento sobre morte cerebral, crenças religiosas e, principalmente, o desconhecimento do desejo do falecido em vida. Diante desse cenário, a entidade se uniu ao Hospital Geral Roberto Santos para, durante todo o mês, quando ocorre a campanha Setembro Verde, esclarecer todas as especificidades do processo de doação de órgãos.

O post Hospital Roberto Santos anuncia lançamento de programa de transplante de órgãos apareceu primeiro em Jequié Urgente.

Saiba qual o tipo de refrigerante que pode triplicar o risco de AVC segundo estudo de renomada Universidade dos EUA

 

SAÚDE X GULA

Consumir diariamente refrigerante diet pode aumentar o risco de se ter um derrame e de desenvolver demência. A descoberta é de um novo estudo publicado na revista científica Stroke, feito pela Universidade de Boston. O estudo mostra que qualquer bebida com adoçantes artificiais pode aumentar o risco dessas doenças. Tomar pelo menos uma lata de refrigerante diet por dia está associado a um risco quase três vezes maior de AVC ou demência. A chance de AVC aumentou 2,96 vezes entre aqueles que consumiam uma lata diária. 

Já as chances de demência aumentaram 2,89 vezes. Já a versão normal, segundo o estudo, não está associada a esses fatores de risco. Esta afirmação contraria outros estudos científicos. O estudo, contudo, não achou uma relação direta de causa e efeito entre ingestão de bebidas diet e doenças como derrame e demência. Os pesquisadores partiram de uma associação feita usando dados fornecidos por uma pesquisa que questionou pessoas sobre seus hábitos alimentares. Foram entrevistadas quatro mil pessoas, divididas entre adultos e idosos.
A pesquisa foi feita pelo Framingham Heart Study, projeto de estudo de doenças cardiovasculares da Universidade de Boston. Primeiro, foram analisados dados sobre a quantidade de bebidas diet ingerida por cada pessoa em sua dieta, entre 1991 e 2001. Depois, os dados foram comparados com o número de pessoas que tiveram um derrame ou apresentaram demência nesse período de dez anos. Na década estudada, entre os participantes, foram 97 casos de AVC (sendo 82 deles isquêmicos) e 81 casos de demência (63 compatíveis com o Mal de Alzheimer). Fatores como dieta, tabagismo e atividades físicas foram levados em conta para impedir distorções nas associações dos dados.
FONTE: RECÔNCAVO NEWS

 

O post Saiba qual o tipo de refrigerante que pode triplicar o risco de AVC segundo estudo de renomada Universidade dos EUA apareceu primeiro em Jequié Urgente.

Anvisa suspende venda e uso de lote de Paracetamol e Amoxicilina

ATENÇÃO

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta quarta-feira (30) um lote do medicamento Paracetamol e de todo o estoque existente no mercado de Amoxil BD (Amoxicilina tri-idratada). De acordo com resolução publicada no Diário Oficial da União, laudo emitido pelo Laboratório Central de Saúde do Governo de Santa Catarina apresentou resultado insatisfatório para o lote 0130/16 de Paracetamol solução oral, 200 mg/mL, genérico, com validade até março de 2018. 

Fabricado por Hipolabor Farmacêutica Ltda, o produto teve distribuição, comercialização e uso suspensos. O lote deve ser recolhido pela empresa. Já o medicamento Amoxil BD (Amoxicilina tri-idratada), nas apresentações 200 mg/5ml e 400mg/5ml, teve recolhimento voluntário apresentado pela empresa Glaxosmithkline Brasil Ltda, devido à implementação de alteração na rota de síntese do insumo farmacêutico ativo amoxicilina tri-hidratada, sem autorização da Anvisa. Todo o estoque existente no mercado teve fabricação, distribuição comercialização e uso suspensos. Fonte: Bahia Notícias.

O post Anvisa suspende venda e uso de lote de Paracetamol e Amoxicilina apareceu primeiro em Jequié Urgente.

Projeto ¨Ver e Aprender¨ beneficia crianças em Salvador e poderá se expandir para o interior do estado




O projeto Ver e Aprender, tem por finalidade promover a inclusão através da redução das barreiras no aprendizado  causadas pelo déficit da acuidade visual em crianças e adolescentes da rede municipal de ensino e CMEIS . O  lançamento aconteceu oficialmente no sábado, 26, às 9h, na sede da ABM – Associação Baiana de Medicina. 

O projeto foi idealizado por Dr. Cezar Leite (cirurgião vascular) e Dra. Maria de Fátima Neri Góes (oftalmologista do Instituto dos Cegos da Bahia)  e consiste na realização de mutirões para avaliações oftalmológicas por médicos voluntários e doação de óculos de grau em parceria com a iniciativa privada.
O primeiro mutirão ocorreu em 08 de julho e o próximo dia 16 de setembro e consecutivamente a entrega dos óculos .
O Ver e Aprender teve como parceiros a Sociedade de Oftalmologia da Bahia(SOFBA), Óticas Opção/Master Glasses , Secretaria Municipal de Educação, e o Instituto dos cegos da Bahia. Além disso, o projeto conta com o apoio da ABM, CREMEB ,OMB, Óticas da Gente, médicos oftalmologistas voluntários e técnicos de saúde voluntários e clínicas privadas.
No lançamento do projeto, que aconteceu no sábado, foi realizada a entrega dos óculos para as crianças do primeiro mutirão com participação de todos os envolvidos.

O post Projeto ¨Ver e Aprender¨ beneficia crianças em Salvador e poderá se expandir para o interior do estado apareceu primeiro em Jequié Urgente.

Aprenda a fazer manteiga caseira 100% natural, mais saborosa e com apenas 2 ingredientes

RECEITA DA BOA
Tudo feito em casa tem muito mais sabor, não é verdade? Então por que comprar manteiga no supermercado se você você pode fazer a sua em casa e em menos de 5 minutos? Ah, você pode pensar, “comprar é mais rápido”. 
 
Mas a industrializada, definitivamente, não tem o mesmo sabor e a mesma qualidade da caseira. Além disso, você pode incrementar sua manteiga caseira temperando-a com ervas desidratadas (alecrim, orégano, salsa) ou usar um sal mais saudável, como o sal do Himalaia. Então, para nós, não há dúvida que é muito mais saudável e saboroso fazer a nossa manteiga caseira.
E você não vai precisar de muita coisa, apenas dois ingredientes: creme de leite e sal do Himalaia. Agora, atenção ao creme de leite que vai usar. Não é o de caixinha, tá? Tem que ser o creme de leite fresco, que vende em garrafinha (normalmente) e fica na seção de frios, próximo da manteiga, iogurte, queijo. Você pode fazer esta manteiga no liquidificador. 
 
Mas tem que ser um bom liquidificador, pois vai precisar bater por uns 4 ou 5 minutos. O sabor de uma manteiga caseira não tem comparação com o produto industrializado. E não é trabalhoso fazê-la. Aprenda, faça e comprove. 

INGREDIENTES
 
– 500ml de creme de leite fresco
 
– Sal do Himalaia grosso com ervas secas a gosto.
 
MODO DE PREPARO
 
Em um liquidificador ou processador, coloque o creme de leite e deixe bater até virar uma massa pastosa como manteiga. Se usar o liquidificador, você vai ter que desligar o aparelho algumas vezes e agitar o copo com as mãos para que ele continue batendo bem a mistura. Passe em um coador para separar o soro do leite: o que ficar é a manteiga.
 
Tempere com sal de boa qualidade (do Himalaia, por exemplo), com suas ervas preferidas ou mesmo deixe sem sal. É bom colocar a manteiga sobre uma folha papel-manteiga e a pressionar com as costas de uma colher, para que mais líquido possa ser retirado. Conserve-a na geladeira, num pote bem fechado, por não mais que 10 dias. Você pode fazer com nata em vez de creme de leite. Fonte: Blog Cura Pela Natureza.

O post Aprenda a fazer manteiga caseira 100% natural, mais saborosa e com apenas 2 ingredientes apareceu primeiro em Jequié Urgente.

Abortos espontâneos podem ser prevenidos com tratamento com vitamina B3

SAÚDE

O aborto espontâneo pode ser prevenido com um tratamento que está sendo desenvolvido que tem como base a vitamina B3, presente naturalmente em carnes e verduras. Um estudo publicado no “New England Journal of Medicine” apontou que o déficit de nicotinamida e adenina (NAD, na sigla em inglês) provoca abortos ou deficiências no bebê, caso a gravidez prospere. “Após 12 anos de investigações, nossa equipe descobriu que este déficit pode ser tratado e os abortos espontâneos e as deficiências podem ser evitados tomando uma simples vitamina”, disse Sally Dunwoodie, pesquisadora no Instituto de Pesquisa Cardíaca Victor Chang, em entrevista à AFP. De acordo com a cientista, a descoberta tem potencial para reduzir tanto o número de abortos espontâneos que ocorrem, como os defeitos de nascença relacionados ao caso. Cerca de um quarto das mulheres sofre um aborto involuntário ao longo da vida. Para realizar o estudo, pesquisadores analisaram genomas de famílias que tiveram histórico de múltiplos abortos espontâneos e descobriram que eles compartilham uma mutação genética que afeta a produção da molécula NAD. Para realizar testes, camundongos foram geneticamente modificados para apresentarem esta deficiência. Os camundongos receberam o tratamento com cápsulas de vitamina B3. “Antes da introdução da vitamina B3 na alimentação das fêmeas grávidas, os embriões se perdiam durante um aborto natural ou os que nasciam sofriam de graves deficiências. Uma vez mudada a alimentação, os abortos involuntários e as incapacidades de nascença foram evitadas por completo”, disse o Instituto em um comunicado. Para além dessa pesquisa, os cientistas agora querem criar um teste que identifique mulheres com risco de deficiência da molécula NAD, para que a prescrição da vitamina B3 seja realizada ainda durante o período gestacional.

FONTE: BAHIA NOTÍCIAS 

O post Abortos espontâneos podem ser prevenidos com tratamento com vitamina B3 apareceu primeiro em Jequié Urgente.

Estudo aponta que praticar exercícios na infância beneficia o resto da vida

SAÚDE EM PRIMEIRO LUGAR

Praticar exercício físico durante a infância e a adolescência pode trazer benefícios para toda a vida e pode inclusive amenizar alguns efeitos prejudiciais de uma dieta rica em gordura, como a obesidade, as doenças cardiovasculares e até o risco de câncer, aponta um estudo neozelandês.

Os pesquisadores realizaram testes em ratos e descobriram que o osso – que tem um rápido crescimento durante a infância e a adolescência – tem a capacidade de reter a ‘memória’ dos seus efeitos do exercício físico, mesmo depois de se ter parado de praticar.

De acordo com o Indian Express, as conclusões do estudo, publicadas na revista Frontiers in Physiology, apontam que a ‘memória óssea’ continua mudando a forma como o corpo metaboliza uma dieta rica em gordura.

FONTE: MÍDIA NA BAHIA

O post Estudo aponta que praticar exercícios na infância beneficia o resto da vida apareceu primeiro em Jequié Urgente.

Antibiótico Benzetacil é temporariamente suspenso no país

A penicilina benzatina, conhecida pelo nome comercial Benzetacil, está temporariamente suspensa no Brasil, desde o início de julho. Segundo a revista Veja, a farmacêutica Eurofarma, detentora da marca oficial de comercialização do antibiótico no país, anunciou que a suspensão na produção é temporária por conta de “melhorias relacionadas aos testes de validação do produto”. A Eurofarma informou que o medicamento que já foi distribuído em todo o país poderá ser consumido normalmente até a data de validade informada na embalagem. A empresa afirmou à publicação que a retomada de produção deve acontecer em meados de outubro. Quatro empresas no Brasil podem produzir a penicilina benzatina, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa): a Eurofarma, que produz o remédio com nome comercial Benzetacil, a Fundação para o Remédio Popular (Furp), o Laboratório Teuto Brasileiro S/A e a Novafarma Indústria Farmacêutica LTDA. O medicamento costuma ser temido por usuários pela dor que provoca no momento da aplicação e pode durar até 24 horas depois. Em 2015, o Ministério da Saúde alertou o risco de falta de abastecimento do medicamento no Brasil por conta da escassez de matéria-prima do antibiótico.

FONTE: AMS

O post Antibiótico Benzetacil é temporariamente suspenso no país apareceu primeiro em Jequié Urgente.

Tratamento com injeção mensal pode manter vírus da Aids confinado

AVANÇO NA SAÚDE

Uma injeção por mês com um tratamento antirretroviral é suficiente para manter confinado o vírus da aids – revela um estudo publicado nesta segunda-feira (24), o que permitirá aos soropositivos deixar de tomar um comprimido diário. O estudo, cujas conclusões foram publicadas pela revista britânica The Lancet, consistiu em injetar duas moléculas antirretrovirais a cada quatro ou oito semanas durante quase dois anos em 230 pacientes com HIV, mesmo que com uma carga viral indetectável. Ao final desse período, 87% dos pacientes do grupo que recebeu medicamentos a cada quatro semanas continuavam com uma carga viral indetectável. Esse número chegou a 94% no grupo que recebeu a medicação a cada oito semanas. Essas proporções são comparáveis às registradas no grupo de 56 pacientes que continuou tomando um comprimido por dia (84%), segundo os resultados do estudo de fase II apresentado na Conferência Internacional de Pesquisa sobre a Aids, realizada em Paris. A primeira molécula injetada, chamada de cabotegravir, foi desenvolvida pelo laboratório ViiV Healthcare, uma filial da GSK, Pfizer e Shionogi especializada em HIV, onde trabalha um dos autores do estudo, David Margolis.

A segunda molécula (rilpivirina) está sendo desenvolvida pelo laboratório Janssen, do grupo Johnson & Johnson. Os dois laboratórios fizeram uma aliança para criar, com essas moléculas combinadas, o primeiro tratamento injetável de ação prolongada contra o HIV. Segundo o diretor científico da Johnson & Johnson, Paul Stoffels, o tratamento “poderá oferecer uma alternativa eficaz para pessoas que alcançaram uma carga viral indetectável, mas que têm dificuldade para seguir um tratamento oral diário para controlar o HIV”. “Será preciso escolher entre o conforto de não ter que seguir um tratamento oral e os inconvenientes associados a um tratamento antirretroviral de ação prolongada por injeção”, ressaltou, por sua vez, Mark Boyd, da Universidade de Adelaide, na Austrália, ao comentar o estudo. A maioria dos pacientes do estudo sentiu dores no local da injeção, e alguns tiveram diarreia, ou dor de cabeça. (Exame)

O post Tratamento com injeção mensal pode manter vírus da Aids confinado apareceu primeiro em Jequié Urgente.